Remar ONG oferece alimentos aos mais necessitados em Hong Kong

Trinta e seis milhões de pessoas, das quais quase quatro milhões são menores de seis anos, vivem na China em condições de pobreza extrema e sofrem de má nutrição.

A pobreza extrema está localizada sobretudo nas zonas rurais da China, nas quais se multiplicam entre seis a oito vezes os problemas da desnutrição das cidades.

Na China, o país mais povoado do mundo, com mais de 1.300 milhões de habitantes, vivem 92 milhões de pessoas sob o limiar de pobreza, segundo os dados oficiais do Governo chinês publicados em Dezembro passado.

  distribuição de alimentos en hong kong remar ong distribui alimentos em hong kong

“Acabo de chegar à casa depois de ir a Kowloon dando de comer aos mais necessitados”. 

Isto foi o que postou um dos nossos voluntários nas suas redes sociais. Várias vezes por semana, um grupo de voluntários da ONG Remar sai às ruas pelos lugares onde há uma maior concentração de pessoas que sofrem de todo o tipo de carências. Para além das refeições quentes, é-lhes oferecida uma palavra de ânimo, convidando-os a abandonarem as condições em que vivem e a ingressarem nos nossos Centros.

carrinha de apoio social hong kong alimentos para os sem abrigo 

{youtube}https://www.youtube.com/watch?v=kFYAvHjW0N0{/youtube}

serviço de apoio remar


Colabore com um donativo

A ASSOCIAÇÃO REMAR PORTUGUESA, em cooperação com PARTILHA CONSTANTE - ASSOCIAÇÃO, vem desta forma anunciar que a já habitual Ceia de Natal Solidária, dirigida aos sem-abrigo e população mais fragilizada da cidade de Lisboa, vai ser levada a cabo em formato Take Away, em virtude das imposições restritivas da DGS, (Direção Geral de saúde), motivadas pela Pandemia COVID19.

 

Muito Agradecemos a todos os que se voluntariaram, no entanto e tendo em conta o formato excecional em que a ceia será servida este ano, não será necessário o numero de voluntários com que habitualmente contamos para o efeito, sendo que oportunamente, o nosso departamento de relações publicas convocará o grupo de voluntários necessários para levar a cabo esta iniciativa. 

Assim sendo informamos que estão já encerradas as inscrições para este evento em particular, mantendo-nos no entanto na expetativa 
que muito em breve todos possamos de novo dar o nosso contributo aos mais carenciados, através deste ou de outro projecto social em curso.
Sem mais por agora desejamos a todos umas festas felizes e um prospero ano novo com muita saude.