A Remar SOS Guatemala

Nesta semana, a SOS GUATEMALA e a Associação de Viúvas e Órfãos Amparados em Ação, entregaram sacos de alimentos e medicamentos para prevenir a desnutrição em várias populações

 À medida que os dias de confinamento avançam na Cidade da Guatemala, a necessidade aumenta. São cada vez mais os que ficam desempregados e sem meios para obter comida. Há centenas de pessoas que estão a passar por situações extremamente difíceis e a ONG REMAR na Guatemala está a empregar todos os esforços para chegar a um número cada vez maior de pessoas que precisam de ajuda urgente. 
 

Em solidariedade com a população mais vulnerável e necessitada

Nesta semana, a SOS GUATEMALA e a Associação de Viúvas e Órfãos Amparados em Ação, entregaram sacos de alimentos e medicamentos para prevenir a desnutrição em várias populações, desde a Aldeia da Boca del Monte até à Villa Canales Centro, onde muitos receberam a ajuda para as suas famílias com grande agradecimento. 

 

Apoio SOS coronavirus Apoio SOS coronavirus

Apoio SOS coronavirus Apoio SOS coronavirus  

Desta forma, foram também entregues sacos com alimentos para famílias. Mais de 150 pessoas foram beneficiadas no Concelho de San José Villa Nueva, nas instalações do Colégio Cristão, El Olivo, e duas destas famílias vivem em condições abaixo do limiar da pobreza em zonas próximas do Colégio REMAR, naquela cidade.

Desde aqui, apelamos às pessoas, empresas e colaboradores com coração solidário na Cidade da Guatemala para que possam juntar as suas mãos em ajuda à REMAR SOS GUATEMALA, para que todos os dias sejam alcançadas mais famílias que estão a passar por uma grande necessidade.  

Livremente abrirás a tua mão para o teu irmão, para o teu necessitado e para o teu pobre na tua terra. Deuteronómio 15:11

A sua colaboração é muito importante!

 

Colaborar

A ASSOCIAÇÃO REMAR PORTUGUESA, em cooperação com PARTILHA CONSTANTE - ASSOCIAÇÃO, vem desta forma anunciar que a já habitual Ceia de Natal Solidária, dirigida aos sem-abrigo e população mais fragilizada da cidade de Lisboa, vai ser levada a cabo em formato Take Away, em virtude das imposições restritivas da DGS, (Direção Geral de saúde), motivadas pela Pandemia COVID19.

 

Muito Agradecemos a todos os que se voluntariaram, no entanto e tendo em conta o formato excecional em que a ceia será servida este ano, não será necessário o numero de voluntários com que habitualmente contamos para o efeito, sendo que oportunamente, o nosso departamento de relações publicas convocará o grupo de voluntários necessários para levar a cabo esta iniciativa. 

Assim sendo informamos que estão já encerradas as inscrições para este evento em particular, mantendo-nos no entanto na expetativa 
que muito em breve todos possamos de novo dar o nosso contributo aos mais carenciados, através deste ou de outro projecto social em curso.
Sem mais por agora desejamos a todos umas festas felizes e um prospero ano novo com muita saude.