A Remar Na Europa Central Projeto Bom Samaritano

A REMAR desenvolve programas para cuidar de pessoas necessitadas em mais de 70 países e realiza um Trabalho Social para ajudar os mais vulneráveis também em países do primeiro mundo.

 

Neste caso, vemos fotos dos voluntários da REMAR em HANÔVER, cidade alemã, capital da terra da Baixa Saxónia e da região de Hanôver, que tem uma população que ultrapassa um milhão de habitantes.

 

A Equipa de Voluntários da REMAR ajuda as pessoas que estão a dormir ao relento, oferecem-lhes comida quente e a capacidade de entrar na Casa de Acolhimento da REMAR para reabilitação e restauro.

A REMAR NA EUROPA CENTRAL ajuda homens e mulheres com vícios em drogas e álcool, com problemas mentais e necessidades emocionais e espirituais.

Curiosamente, há um paradoxo de que os países mais ricos e mais bem organizados do mundo, os países mais desenvolvidos, são também aqueles com as taxas de suicídio mais elevadas entre a sua população. Muitas pessoas são vítimas de doenças emocionais e mentais, caem em depressão, solidão e tentativas de suicídio, porque não encontraram uma razão para continuar a viver.

 

Os VOLUNTÁRIOS DA REMAR percorrem as ruas de Hanôver e de outras grandes cidades da Europa Central, com o Programa “Bons Samaritanos”, ou os “Anjos da Noite”, oferecendo aos necessitados comida quente, e palavras de encorajamento e esperança, incentivando-os a escolher uma vida melhor.

 

Também cuidamos dos migrantes que necessitam, dos refugiados que estão de passagem, e para todos eles temos sempre a nossa mão amiga estendida.

Por favor colabore! Ajude-nos a ajudar!

 

COLABORAR

A ASSOCIAÇÃO REMAR PORTUGUESA, em cooperação com PARTILHA CONSTANTE - ASSOCIAÇÃO, vem desta forma anunciar que a já habitual Ceia de Natal Solidária, dirigida aos sem-abrigo e população mais fragilizada da cidade de Lisboa, vai ser levada a cabo em formato Take Away, em virtude das imposições restritivas da DGS, (Direção Geral de saúde), motivadas pela Pandemia COVID19.

 

Muito Agradecemos a todos os que se voluntariaram, no entanto e tendo em conta o formato excecional em que a ceia será servida este ano, não será necessário o numero de voluntários com que habitualmente contamos para o efeito, sendo que oportunamente, o nosso departamento de relações publicas convocará o grupo de voluntários necessários para levar a cabo esta iniciativa. 

Assim sendo informamos que estão já encerradas as inscrições para este evento em particular, mantendo-nos no entanto na expetativa 
que muito em breve todos possamos de novo dar o nosso contributo aos mais carenciados, através deste ou de outro projecto social em curso.
Sem mais por agora desejamos a todos umas festas felizes e um prospero ano novo com muita saude.