Apoio Social

A Remar Suazilândia, aparte do seu Trabalho Social com as crianças internas nos seus Centros de Acolhimento, ajuda também outras Famílias Carenciadas, que são alvo da pobreza e da destituição social. Trabalhamos nesta área, em quatro frentes: 

A Primeira Frente é em pareceria com a Royal Swaziland Police, (RSP), ajudando uma comunidade com cerca de 30 famílias com alimentos perecíveis e não perecíveis, sendo um apoio comunitário ao Combate à Pobreza e à Fome. Este trabalho é realizado quinzenalmente. A Segunda Frente é em pareceria com um outro ministério cristão, o Jabez Ministries, realizando um trabalho semelhante ao Apoio dado à Polícia, quinzenalmente, só que o fazemos em duas zonas, a de Luvé e em Sitekí. 

A Terceira Frente é feita com a Strawbery Patch, uma Escola Privada que faz um trabalho Social com Crianças de Rua, em Big Bend. A REMAR participa também aí, contribuindo com alimentos, uma vez por mês. 

E a REMAR em Fair View North, através dos seus jovens, faz um Trabalho Social Directo entre trinta a quarenta famílias, onde distribuímos alimentos e testemunhamos do amor de Deus. Mais do que palavras, combatemos a pobreza. Este trabalho é feito quinzenalmente, intercalado com o Projecto dos Hospitais, onde vamos orar e dar uma palavra de ânimo aos enfermos do Nazarene Hospital, (RFM). É de salientar que as crianças a quem damos assistência na REMAR, são-nos enviadas pelos serviços da Segurança Social e pelos Serviços Policiais, (RSP).

 

 

 

 

A ASSOCIAÇÃO REMAR PORTUGUESA, em cooperação com PARTILHA CONSTANTE - ASSOCIAÇÃO, vem desta forma anunciar que a já habitual Ceia de Natal Solidária, dirigida aos sem-abrigo e população mais fragilizada da cidade de Lisboa, vai ser levada a cabo em formato Take Away, em virtude das imposições restritivas da DGS, (Direção Geral de saúde), motivadas pela Pandemia COVID19.

 

Muito Agradecemos a todos os que se voluntariaram, no entanto e tendo em conta o formato excecional em que a ceia será servida este ano, não será necessário o numero de voluntários com que habitualmente contamos para o efeito, sendo que oportunamente, o nosso departamento de relações publicas convocará o grupo de voluntários necessários para levar a cabo esta iniciativa. 

Assim sendo informamos que estão já encerradas as inscrições para este evento em particular, mantendo-nos no entanto na expetativa 
que muito em breve todos possamos de novo dar o nosso contributo aos mais carenciados, através deste ou de outro projecto social em curso.
Sem mais por agora desejamos a todos umas festas felizes e um prospero ano novo com muita saude.